As Estratégias do Senhor

Ao longo de nossa caminhada com Cristo, aprendemos que nossa luta não é contra carne nem sangue, mas contra principados e potestades do mal. Porém, quando nos afastamos do Senhor ou estamos pouco sensíveis ao Seu Espírito Santo, as estratégias dEle para as batalhas de nossas vidas passam desapercebidas. O nosso conhecimento dos planos de Deus é proporcional à nossa intimidade com Ele. O próprio Senhor Jesus nos revela, no Evangelho segundo João capítulo 15, versículo 15, quando diz aos seus discípulos que já não seriam mais servos, porém amigos, pois tudo que ouvir do Pai os fará conhecer.

 

Deus tem um plano traçado para cada uma das batalhas  que travamos, cujo principal objetivo  é que seu Santo nome seja glorificado através de nossas vidas. Em Sua palavra, encontramos exemplos que nos mostram suas diversas formas de agir.

Por exemplo, quando Ele ordenou que o povo hebreu rodeasse Jericó, cantando e tocando buzinas, aos olhos humanos, o que poderia acontecer em rodear uma muralha cantando? Nada! Mas através desta passagem, o Senhor nos ensina que diante de problemas que aos nossos olhos parecem intransponíveis, a adoração sincera é capaz de mover Sua mão, derrubando qualquer barreira que nos impeça de atingir o que Ele tem prometido para nós. ¹

Semelhantemente, quando Davi se apresenta para derrotar Golias, se despindo das armaduras de Saul, ele vai em nome do Senhor dos Exércitos.  Lança mão de sua funda, uma arma tão simples, contrariando todas as expectativas humanas de que venceria.  Assim é em nossa vida, quando somos menosprezados, e a nossa fé em Cristo considerada por muitos uma arma ineficaz, torna-se tão poderosa que abate o gigante com um só golpe. ²

Nos planos de Deus para nossas batalhas, tudo é considerado, nada escapa ao Seu crivo.

No capítulo 4 do livro de Juízes podemos conhecer um pouco mais sobre as táticas do Senhor. Ao definir para Débora e Baraque que os filhos de Naftali e Zebulom, deveriam ser levados para guerrear contra o exército de Jabim, por serem dentre as Doze Tribos de Israel os guerreiros mais valentes. Deus nos mostra que na batalha pela vida, Ele não só revela a tática a ser utilizada, como também define os soldados ideais.

Da mesma forma, no capítulo 7, vemos através da vida de Gideão, que Deus escolheu os melhores soldados e a quantidade exata para ajudá-lo na batalha.

Diante de tantos exemplos apresentados nas Escrituras, aprendemos que o Senhor tem a estratégia ideal para cada um de nós, nas batalhas que enfrentamos. O agir dEle não é necessariamente o esperado por nós. Algumas vezes iremos nomear irmãos para lutarem conosco, em outras desejaremos um grande número deles ao nosso lado, porém de forma semelhante às passagens citadas, em nossa vida o Senhor escolhe quem e quantos lutarão ao nosso lado.

Que a nossa intimidade com Deus nos leve a compartilhar de Suas estratégias para nossa vida, sejam elas quais forem. Pois bem sabemos que tudo pode o Senhor e que nenhum de seus planos podem ser frustrados.

A paz do Senhor!

  1.  Josué 6:20
  2. 1 Samuel 17 :40 
FacebookTwitterGoogle+Compartilhar

Publicado por

Carla

E exaltado seja Deus, a rocha da minha salvação. (2 Sm 22:47)

Um comentário sobre “As Estratégias do Senhor”

  1. Oséias 6:3 – Conheçamos o Senhor; esforcemo-nos por conhecê-lo. Tão certo como nasce o sol, ele aparecerá; virá para nós como as chuvas de inverno, como as chuvas de primavera que regam a terra.
    graça te dou ,ó pai por esta mensagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *