Além das Aparências

Certa ocasião, Deus enviou o profeta Samuel para ungir um dos filhos de Jessé como rei de Israel. Ao avistar Eliabe, o primogênito de Jessé, Samuel disse: 1

“Certamente está perante o Senhor o seu ungido.
Porém o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque o tenho rejeitado; porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração.” (1 Sm 16.6-7)

Nas Escrituras Sagradas, o coração pode significar a fonte das motivações, pensamentos, sentimentos e desejo humano. Coração se refere também á sinceridade, ou quem a pessoa é de fato. 2

“Como na água o rosto corresponde ao rosto, assim o coração do homem ao homem.” (Pv 27.19)

Samuel se impressionou com algo na aparência de Eliabe, enquanto este teve a própria pessoa rejeitada pelo Senhor por não possuir o caráter que O agradava.

Deus não se relaciona com quem aparentamos ser, mas com quem somos na essência.

” E não há criatura alguma encoberta diante dEle; antes todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele com quem temos de tratar.” (Hb 4.13)


Jesus falou:

“Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.” (Mt 7.21-23)

Portanto, PARECER não é o mesmo que SER. Parecer cristão não o torna um cristão genuíno.

A palavra de Deus e o nome de Jesus possuem, por si mesmo, poder para salvar, curar e libertar. A Palavra de Deus é viva, cumpre com seu propósito quando anunciada e ” … é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração. ” (Hb 4.12)

O homem não se torna um servo do Senhor ao anunciar a palavra e o nome de Jesus, mas quando permite que ela direcione a própria vida, renove seu entendimento e seu caráter segundo o curso do Espírito. 3

As palavras ditas dizem muito sobre quem as pronunciam:

“O homem bom, do bom tesouro do seu coração tira o bem, e o homem mau, do mau tesouro do seu coração tira o mal, porque da abundância do seu coração fala a boca.” (Lc 6.45)

As obras também dão indícios do caráter de cada um:

“Ou fazei a árvore boa, e o seu fruto bom, ou fazei a árvore má, e o seu fruto mau; porque pelo fruto se conhece a árvore.” (Mt 12.33)

Para Deus, a verdadeira beleza é guardada no nosso interior (temor ao Senhor, sinceridade, humildade de espírito, amor…). Esta, de fato, nos embelezam aos olhos do Criador. 4


“Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti.” (Sl 119.11)


A paz do Senhor!

 

Referências:

  1. 1Sm 16.1
  2. Pv 4.23; 20.9; 23.15; Is 6.10; 59.13; Lc 6.45; Hb 4.12
  3. Mt 5.34; Lc 6.46; 2Co 3.18; Ef 4.23-25
  4. 1Rs 9.4; Sl 34.18; Pv 31.10-12; 31.30; At 13.22; 1Pe 3.2-5

 

FacebookTwitterGoogle+Compartilhar

Publicado por

Gisele

" É necessário que Ele cresça e que eu diminua." (Jo 3.30)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *